quinta-feira, 27 de maio de 2010

Saudade...

Como vence-la, como não percebe-la?
Sua força é inquietante,faz sofrer...
Muitas vezes tão constante, tão presente.
Como vencer a saudade?
Nunca separando, evitando a distância.
Quando alguém conseguir tal proeza,
conseguirá minha eterna adimiração...

Nenhum comentário: